Frutas nas festas de final de ano: além da decoração

0
3338

Já que estamos falando sobre a importância do consumo de alimentos específicos dessa época, nada melhor do que sabermos o que está disponível por aí neste período, não? Com a proximidade das comemorações de final de ano, frutas específicas como lichia, ameixas, amora e cereja sempre estão presentes na decoração das mesas de natal e réveillon.

Mas além do colorido que combina com a decoração, estas frutas representam uma importante classe de nutrientes específicos e são uma opção mais saudável entre tantos doces evitando assim os exageros.

A lichia (Litchi chinensis Sonn.), uma fruta tropical, com produção específica em regiões como o sul e o sudeste do país, e é considerada uma considerada uma fruta exótica para os brasileiros.

A análise das características nutricionais do fruto foi realizada em uma pesquisa conduzida pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, a lichia demonstrou quantidades apreciáveis de vitamina C e dos minerais potássio, fósforo e cobre.

A cereja, é considerada um alimento rico em compostos fenólicos, com um alto teor de antocianinas e devido às suas funções antioxidantes e anti-inflamatórias, seus benefícios para saúde humana estão sendo estudados em diferentes aplicações.

De forma geral, as características nutricionais encontradas na cereja estão presentes nas frutas vermelhas em geral, como a ameixa, por exemplo. As frutas vermelhas são ricas em cálcio, fósforo, potássio, vitaminas A e C, com uma capacidade antioxidante expressiva.

Os compostos bioativos presentes nestas frutas, como a antocianina, que possui grande potencial em reduzir o risco de desenvolvimento da aterosclerose.

Principalmente devido às atividades antioxidantes das antocianinas e a capacidade destes compostos em reduzir fatores pró-inflamatórios.

No entanto, ainda não existe um consenso sobre a quantidade necessária de consumo de antocianina para exercer estes efeitos.

Por isso, vale a pena aproveitar a disponibilidade da produção dessas frutas nesta época para enfeitar a sua mesa de natal e também incluir essas frutas em sua dieta como uma ótima opção durante as comemorações de final de ano.

 

Referências bibliográficas:

MOTTA, E. L. da. Avaliação da composição nutricional e atividade antioxidante de Litchi chinensis Sonn. (“Lichia”) cultivada no Brasil / Eduardo Lopes da Motta; orientadores Mirian Ribeiro Leite Moura, Nancy dos Santos Barbi. – Rio de Janeiro : UFRJ, Faculdade de Farmácia, 2009.

MOREIRA- ARAUJO, R. S. dos R. Flavonóides e outros Compostos Fenólicos. In: Pimentel, C. V. de M. B.; Elias, M. F.; Philippi, S. T. Alimentos funcionais e compostos bioativos.1ª. ed. Barueri (SP): Manole, 2019.

FARINHA, R. C. Efeitos do consumo de cereja na recuperação pós-exercício em atletas e praticantes de atividade física. Universidade de Brasília (Trabalho de conclusão de curso). Faculdade de ciências da saúde, Brasília, 2016.

TAVARES, S. D. R.; REIS, L. C. dos.; SILVA, D. M. da.; TAVARES, E. dos R.; OLIVEIRA, L. F. de.; OLIVEIRA, I. P. de. Importância das frutas vermelhas na prevenção de doenças. Revista Faculdade Montes Belos (FMB), v. 7, n° 1, p (76-87), 2014.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome