Você já ouviu falar da técnica “Mindful Eating” ou “Comer Consciente”? Sabia que pode ajudar seu filho a se alimentar melhor?

0
470

Você já ouviu falar em Mindfull Eating? Traduzido geralmente como alimentação consciente ou comer com consciência, o movimento está intimamente entrelaçado à prática de que incentiva o foco completo no momento presente. Nesse contexto, estimula que todo o ritual de alimentação deve ser feito com atenção integral, desde o momento em que se escolhe o alimento até o seu preparo e consumo.

A ideia é que as pessoas (as crianças inclusas!) estejam atentas e cientes da relação entre a comida e seu corpo, sentimentos, mente e a interconexão de tudo o que está ao seu redor. Dessa forma, tanto a apreciação pela comida como a valorização nutricional dos alimentos são conceitos valiosos dentro do método.

Diferentes benefícios para a saúde têm sido relatados por praticantes do Mindful Eating, entre eles melhor controle de peso e aumento do bem-estar mental.

Agora falando especificamente das crianças, a alimentação consciente pode ajudá-las a desenvolver uma conexão mais profunda com os alimentos e, dessa forma, criar hábitos mais saudáveis e duradouros, algo que pode ser um grande desafio para a maioria dos pais.

Mindful Eating pode também incentivar os pequenos a se concentrarem no presente, ajudando-os a entender seus pensamentos, sentimentos e sensações físicas que podem influenciar no ato de se alimentar. Isso porque as técnicas podem ensiná-las a reconhecer as sensações de fome e saciedade. Dessa forma, elas podem digerir melhor e desfrutar plenamente dos lanches ou refeições.

A seguir, separamos 3 passos simples do método que você já pode ajudar a introduzir no dia a dia do seu filho:

  • A cada mordida, sugira que ele faça uma pausa e apoie o garfo na mesa.
  • Enquanto ele come, peça que preste atenção na própria respiração e mastigue várias vezes até triturar bem todo o alimento.
  • Depois de comer algumas garfadas, incentive que ele coma menos por garfada do que quando começou.

Aos poucos, ele conseguirá responder algumas perguntas importantes como:  “Como você sente a comida dentro da boca?”; “Qual textura tem essa comida?”; “Quão quente ou fria é a comida?”; “É fácil morder ou você precisa quebrá-la na mastigação?” e “Como você se sente com a textura da sua comida?”. Assim, irá surgindo uma nova (e melhor) relação com a comida, facilitando que novos alimentos sejam introduzidos.

Se interessou pela alimentação consciente e acha que pode ser bacana aplicar com seus filhos? Que tal começar com receitas crocantes e cheias de textura? Confira abaixo três sugestões que têm tudo para agradar em cheio os pequenos:

Cookies de aveia com uvas-passas e gotas de chocolate

Foto: @juwatanabe

1 ovo

½ xícara (chá) de açúcar mascavo

½ xícara (chá) de óleo vegetal ou manteiga ½ xícara (chá) de cacau em pó

1 colher (chá) de essência de baunilha

1 xícara (chá) de farelo de aveia

¾ de xícara (chá) de farinha de arroz ou de farinha de aveia

2 colheres (sopa) de uvas-passas

2 colheres (sopa) de gotas de chocolate

1 colher (chá) de fermento em pó

Modo de preparo: Misture o ovo, o açúcar mascavo e o óleo ou manteiga dentro de um bowl grande. Acrescente o cacau, a baunilha e misture bem. Agora acrescente a aveia, a farinha, a uva passa, as gotas de chocolate e o fermento em pó. Mexa até obter uma mistura homogênea. Com o auxílio de uma colher, coloque as porções de massa em um tabuleiro untado. Faça bolinhas pequenas e coloque-as com uma distância grande, para não grudarem quando crescerem. Leve ao forno preaquecido a 180oC por aproximadamente 15 a 20 minutos. Quando você tirar do forno, eles vão parecer moles ainda, mas é só deixar esfriar que com o tempo ficam sequinhos e crocantes.

Crackers de sementes

Foto: @juwatanabe

1 xícara (chá) de farinha de aveia ou farinha de trigo integral

¼ xícara (chá) de água

100 g de mix de sementes (gergelim preto, gergelim branco, linhaça e chia)

1 colher (chá) de alho em pó

50g de azeite de oliva

6g de sal

Orégano a gosto

Modo de preparo: Junte todos os ingredientes em uma tigela e misture tudo. Sove até obter uma massa lisa e homogênea. Se necessário, adicione um pouco mais de água. Deixe repousar por uns 15 minutos. Abra a massa sobre uma folha de papel antiaderente, com a ajuda de um rolo de macarrão. Quando chegar à espessura de 2 milímetros, corte quadrados do tamanho que desejar e fure-os com um garfo. Deixe descansar enquanto o forno é preaquecido. Asse-os à temperatura de 200°C por uns 20 a 25 minutos ou até que estejam dourados. Tire do forno e deixe esfriar em uma grelha. Guarde em potes com fechamento hermético para que permaneçam mais crocantes.

Chips de banana

Foto: @juwatanabe

2 bananas (não tão maduras)

Azeite de oliva ou outro óleo de sua preferência

Temperos de sua preferência (doce: canela em pó, açúcar mascavo, mel, melado de cana, cravo em pó | salgado: sal de ervas, curry, cúrcuma, páprica defumada, gengibre em pó, lemon pepper)

Modo de preparo: Descasque as bananas e corte em fatias finas (2mm, aproximadamente). Cubra uma assadeira com papel antiaderente. Distribua as fatias de bananas sem sobrepor, pincele um pouco de azeite e salpique as especiarias e/ou temperos. Leve para assar em forno preaquecido por 12 minutos a 160°C (se o forno estiver alto, a banana irá queimar). Vire-as e volte ao forno por mais 10 minutos, mas fique de olho. Depois, retire do forno e coloque sobre um papel-toalha. Assim que elas saírem do fogo, ainda estarão meio moles, mas devem ficar crocantes a esfriarem. Caso contrário, volte ao forno por mais 5 minutinhos. Sirva ou armazene em um saquinho bem vedado ou um pote de vidro.

Artigo realizado em parceria com o portal Dra Ana Escobar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome