Ioga e meditação e seu possível impacto nos padrões alimentares

0
213
ioga

Não é de hoje que falamos por aqui que o manejo do estresse é um dos pilares essenciais da Medicina do Estilo de Vida, sendo a ioga e a meditação duas das práticas mais indicadas para proporcionar uma melhor qualidade de vida. E ainda, segundo algumas novas evidências, os benefícios dessas duas atividades vão muito além do óbvio: elas podem desencadear naturalmente outras práticas que interferem no estilo de vida das pessoas, como a mudança de comportamentos alimentares.

De fato, isso é o que afirma um recente estudo indiano. Segundo os autores, de maneira geral, a meditação e a ioga são estratégias práticas psicomodulatórias e fáceis de implementar que podem estimular as pessoas a adotarem uma alimentação baseada em vegetais, diminuindo assim o consumo de proteína animal.

De acordo com a pesquisa, a prática da meditação e da ioga podem ser capazes de desencadear compaixão (por outros seres), bondade, empatia e unidade, resultando numa transformação interior, tanto da personalidade e qualidade das emoções (incluindo os padrões de estresse e ansiedade), como dos nossos comportamentos no geral (incluindo os hábitos alimentares).

Além disso, segundo o estudo, a meditação em conjunto com uma dieta vegana pode afetar profundamente o microbioma intestinal, trazendo potenciais benefícios para a saúde por meio de alterações nos perfis imunológico, endócrino e metabólico.

Por outro lado, os cientistas apontaram alguns estudos que mostram uma perigosa relação entre a diminuição do consumo de carne e o surgimento da depressão. Isso pode ser explicado porque os hábitos alimentares estão profundamente ligados à satisfação pessoal e a retirada repentina de um tipo de alimento pode resultar em um comprometimento geral da qualidade de vida.

Dessa forma, é recomendada que a redução da ingestão de carnes seja feita de forma gradual, por meio de uma adequada modificação no estilo de vida e, de preferência, com acompanhamento profissional. E nesse contexto, a adoção de práticas como a ioga e a meditação podem representar uma alavanca natural para uma verdadeira modificação comportamental, sobretudo na era pós-Covid.

Referência bibliográfica

PANTA, P.; ANDHAVARAPU, A.; CHATTI, K.; PATIL, S. Meditation and Yoga-assisted Alteration of Dietary Behavior as a Useful Strategy for Limiting Zoonotic Pandemics: A Novel Insight. J Contemp Dent Pract., 1;21(11):1197-1200, Nov., 2020.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor, digite seu nome